05/06/2017

Um crescimento inédito em Portugal

A marca britânica terminou o ano de 2016 com resultados relevantes a nível global, mas também em Portugal, onde conseguiu o seu melhor ano desde que a KMS assumiu a representação da marca.

Há já muito tempo que a Triumph põe todo o seu esforço na oferta de produtos da maior qualidade aos clientes apaixonados pela marca, indo ao encontro das suas necessidades e preferências. Apesar das condições difíceis por que passou o mercado global de motos nos últimos anos, a Triumph manteve a sua aposta em investigação e desenvolvimento de modo a poder oferecer uma gama completa de modelos que combinam carácter e tecnologia. Um esforço que valeu encerrar o ano de 2016 como um dos melhores da sua história e tendo Portugal como bom exemplo da actual vitalidade da marca.

O sinal mais visível desta tendência foi o lançamento de inúmeros novos modelos, com destaque para a nova gama Bonneville e para a renovação da gama Adventure, entre outros. Não foi por acaso que a Triumph investiu nada menos que 33 milhões de euros em investigação e desenvolvimento (mais 2 milhões que em 2015). Um investimento e uma melhoria constantes que se viram reflectidos nas 56.812 unidades vendidas em todo o mundo, o que representa um crescimento de 4,3% relativamente ao ano anterior (53.812 unidades).

A chave do resultado obtido pela marca de Hinckley é o trabalho que se está a desenvolver internamente para perceber o que os clientes do século XXI esperam de uma marca como a Triumph. Não se trata apenas de oferecer o melhor produto, mas também as melhores experiências para as necessidades específicas de cada condutor, adaptando-se às novas exigências do mercado e à nova legislação, como a norma europeia Euro4.

Um crescimento inédito em Portugal

O ano de 2016 terminou com um número record de unidades matriculadas desde o início da operação da KMS enquanto representante da Triumph em Portugal. De Janeiro a Dezembro matricularam-se 168 motos Triumph no nosso país, o que representa um crescimento de 66,3% face ao ano anterior (dados ACAP).

“Este resultado espelha o excelente ciclo de produto em que a marca se encontra actualmente”, explica Vitor Sousa, director de vendas e marketing da Triumph Portugal, “mas não só, é igualmente o reflexo de um processo de recuperação e consolidação da marca em Portugal que a KMS iniciou em 2013 e que iremos prosseguir com a mesma paixão e profissionalismo.”

O modelo mais vendido da Triumph em Portugal no último ano foi a nova Street Twin, a primeira representante da nova família Bonneville a chegar ao mercado, seguida da Tiger 800 nas suas mais diversas versões. Ambas representam o melhor que a Triumph tem para oferecer: tecnologia de vanguarda, estilo e facilidade de utilização em todos os segmentos.

O ano que agora se inicia representará mais uma fase nessa caminhada, com o lançamento de novos produtos de grande potencial e a remodelação das lojas existentes em Lisboa e Porto, cujo novo conceito é apenas o início de um caminho marcado por uma paixão partilhada com os clientes e uma maior proximidade com eles num espaço que proporcione experiências distintas.

Artigos relacionados

09/06/2017

THE TIMERS em segunda edição

O magnífico cenário do Quartel da Serra do Pilar, Gaia, recebe, nos próximos dias 16, 17 e 18 de Junho, a segunda edição do Festival revivalista «The Timers». 

Ler mais
07/06/2017

Art & Moto

BOBBER FOI SUCESSO NO ART&MOTO 2017

Ler mais
05/06/2017

Nova Street Triple

Nova Street Triple foi “estrela” no Moto Show  

Ler mais